• Time Clínica Quiropraxia Equilíbrio

10 HÁBITOS SIMPLES PARA TER MAIS ENERGIA DURANTE O DIA

Mantenha seu bem-estar e disposição o dia todo


Já percebeu como a nossa energia e vitalidade oscilam durante o dia? E como isso varia de pessoa para pessoa? Tem gente que acorda já cheia de disposição, enquanto tem gente que parece que precisa ir “aquecendo” até encontrar o pico de energia durante o dia.


Uma coisa é fato, seja você de qual perfil for, o mais difícil de tudo é manter nossa energia alta o tempo todo durante o dia. Nossa rotina é cada vez mais corrida, estressante e sem nos darmos conta, temos a nossa energia roubada de diversas maneiras.


Faça uma autoavaliação aí: como você tem se sentindo ultimamente? Você sente que rende o que rendia antes no trabalho? Tem energia e disposição para fazer tudo o que precisa e mais o que gostaria de fazer no dia?


Muito provavelmente suas respostas serão parecidas com a da maioria: muito cansaço, sem disposição, sem tempo e energia para fazer tudo.


A boa notícia é que existem formas de potencializar a nossa energia e vitalidade para que durem o dia todo. E a excelente notícia é que nós juntamos aqui 10 das principais dicas que irão te ajudar a conseguir aumentar e manter essa disposição diária. Vamos começar?


1. Tenha uma boa noite de sono.


Vamos começar exatamente do início. E para iniciar bem o dia, você precisa ter dormido muito bem. O sono é o grande reparador de nossas energias. E mais do que isso, durante o sono renovamos as nossas células, fortalecemos nosso sistema imunológico, descansamos nossa mente e temos muitos outros benefícios.


Sabe aquela sensação de já acordar cansado? Existe uma teoria que aborda o estresse oxidativo do sono. Durante o dia, nós acumulamos diversos radicais livres que vão desde a respiração celular, exposição ao sol, nutrientes que ingerimos e outros. Para que possam removê-los do nosso corpo, os neurônios precisam se desligar totalmente. Estes oxidantes em excesso dão a sensação de sono e cansaço. Se não temos um sono na quantidade e na qualidade de horas adequadas, não conseguimos reequilibrar essa relação de componentes oxidantes e antioxidantes e já acordamos com a sensação de cansaço.


Muita atenção com a qualidade e quantidade das suas horas de sono.


2. Crie uma rotina que favoreça uma boa noite de sono.


Só falar que o sono é importante não ajuda em nada se não dermos dicas de como você pode fazer para melhorá-lo, não é mesmo? Tudo no nosso corpo é ligado a condicionamento e rotina. Dormir, uma de nossas necessidades básicas e de sobrevivência mais importante, também funciona assim. Se você quer ter mais qualidade nas horas dormidas, atingindo um sono mais reparador e acordando melhor no dia seguinte, procure seguir alguns hábitos.


Deixar de mexer no celular uma ou duas horas antes de dormir, ou melhor, se possível, desligar toda e qualquer tela, como TV e computador, é um deste hábitos que auxiliam o sono. A luz azul emitida por esses aparelhos interfere na nossa melatonina, o hormônio responsável por induzir ao sono. Meditação, yoga e uma boa leitura também são pequenos hábitos que interferem positivamente no seu sono.


3. Tome um bom café da manhã.


A primeira refeição do dia é importantíssima para balancear os seus níveis de energia e fazê-los durar por mais tempo. Pela manhã, entre 08h e 09h, logo que despertamos, há a liberação de um hormônio chamado cortisol, que entre outras coisas, nos ajuda a despertar com mais facilidade. Por isso, deixar para acordar muito depois desse horário pode prejudicar o pico deste hormônio no organismo. E mais, quando nos alimentamos durante esse momento, equilibramos nosso pico de cortisol, aumentando o de serotonina e dopamina, dois hormônios que melhoram nosso bem-estar e humor.


Carboidratos integrais, proteínas, gorduras boas, como ovos, oleaginosas e abacate são excelentes opções para esta refeição.


4. Faça atividade física pela manhã.


Já está mais que comprovado que a prática de atividade física logo no início da manhã garante mais disposição para o dia todo.


Durante uma atividade física, o cérebro libera a produção de diversos hormônios que terão efeitos benéficos no nosso corpo. O principal destes hormônios é a endorfina, que gera o sentimento de recompensa e bem-estar, além de aumentar a disposição física e mental.

Geralmente, treinar pela manhã favorece o seu rendimento na atividade física, melhora sua energia para seguir com o restante do dia e produz bons resultados até mesmo para uma noite de sono melhor, mais reparador.


E você não precisa pensar que tem que virar um atleta logo cedo. Converse sempre com um profissional capacitado sobre as melhores atividades físicas para você, mas algo bem leve, como caminhadas durante 20 a 40 minutos, três vezes por semana, já farão uma bela diferença. Você vai ver.


5. Inclua lanches nutritivos entre as refeições.


O hábito de incluir pequenos lanches entre as refeições é extremamente importante para quem quer levar uma vida mais saudável. Nosso pico glicêmico cai quando ficamos muito tempo sem nos alimentar e isso gera o desânimo e falta de energia.


Mas atenção: comer qualquer coisa não é saudável. Evite farinhas refinadas, doces cheios de açúcares, frituras ou algo do tipo. Frutas são sempre uma boa opção e que você pode ainda associar a alguma proteína ou fibra para aumentar a sensação de saciedade e a energia no organismo. Veja estas dicas que separamos:

  • Uma fruta com pasta de amendoim, granola ou aveia;

  • Sanduíche com patê de atum, ovos ou queijo;

  • Salada de fruta com granola ou aveia;

  • Uma fruta, castanhas ou uma fatia de queijo.


6. Trabalhe em pé ou faça pequenos intervalos durante o período de trabalho.


Muitas vezes, mergulhamos tão de cabeça no trabalho que não nos damos conta do tempo que passamos ali executando tal atividade. A verdade é que isto acaba causando uma perda de foco e atenção. Procure criar uma rotina de incluir pequenas pausas e intervalos durante as suas atividades profissionais.


O ideal é fazer de duas a três pausas em cada período. Algo de 5 a 10 minutos. Ande um pouco, tome uma água, um café, espaireça a cabeça.


Além do foco e concentração, seu corpo também sentirá as vantagens deste novo hábito. Dores nas costas, lombar, pescoço e a sensação de peso nas pernas são muitas vezes causadas por essa posição na qual ficamos trabalhando por horas.


7. Beba mais água.


A água é responsável por transportar muitos dos nutrientes no nosso corpo, dentre eles, os que melhoram nossa sensação de disposição e bem-estar. Cansaço, fome e dor de cabeça podem estar relacionados à desidratação. O cálculo que estima o quanto seria ideal de água por dia para nossa saúde é de 35 ml para cada quilograma do peso corporal. No começo parece muito, mas quando você iniciar o hábito, perceberá ser totalmente possível de ser feito, e o melhor: sentirá os efeitos que ele trará no seu rendimento e disposição.


8. Almoçou? Que tal um cochilo?


A famosa siesta, muito praticada pelos espanhóis, tem se mostrado algo extremamente benéfico para melhorar o rendimento e a sensação de bem-estar no restante do dia.


Cerca de 30 minutinhos após a refeição são suficientes para reparar suas energias, deixando-o ainda mais preparado para a continuidade das atividades durante o dia.


Procure um local confortável, sem barulho e evite a luz do sol. Se possível, procure estabelecer um horário fixo para este famoso cochilo. Tente almoçar sempre no mesmo horário e depois reserve estes minutos para você.


9. Reponha sua vitamina D.


A falta de vitamina D é uma das grandes responsáveis pela falta de ânimo e o cansaço. Nossa principal fonte de vitamina D é o sol. Absorvemos através da nossa exposição a ele. O problema é que cada vez mais estamos nos fechando em ambientes onde é impossível tomar sol na quantidade e qualidade ideais para melhorar nossos níveis de vitamina D.


Se houver a possibilidade, a melhor opção seria se expor ao sol por cerca de 15 a 20 minutos por dia, das 11h30 às 13h30. Além do sol, hoje existe a suplementação de vitamina D, onde, através de cápsulas, você pode ingerir a quantidade ideal para o seu organismo. Mas atenção: nada de começar a suplementar a vitamina D sem falar com um médico antes. Ele é que vai observar se a vitamina está em baixa e qual a quantidade ideal para você.


10. Cuide da sua saúde mental.


Estamos vivendo um momento de estresse, ansiedade e incertezas muito acima do normal. O cansaço mental e todos estes sintomas que citamos são cada vez mais comuns, inclusive em pessoas mais jovens.


Precisamos ficar muito atentos para que isto não vire uma bola de neve que irá causar algo ainda mais sério, como uma depressão, síndrome do pânico ou a síndrome de Burnout, por exemplo.


Reduzir o seu tempo de internet por dia pode ajudar e muito nesta questão. A internet é fantástica e nos ajuda de milhares de formas. Porém, o uso excessivo, principalmente de redes sociais, pode acabar potencializando estes sintomas emocionais e psíquicos. Sem falar que o uso de celular ou aparelhos eletrônicos até tarde da noite, prejudica a produção da melatonina, piorando nosso sono, conforme falamos neste texto.


Procure atividades relaxantes e que te tragam prazer, como música, leitura, meditação ou outras, para suprir o tempo que você estaria conectado, apenas rolando a página da rede social.

E o mais importante: não tenha medo ou vergonha de pedir ajuda profissional. Psiquiatras, psicólogos, terapeutas são os profissionais mais bem capacitados para ajudar a entender e tratar este tipo de problema.


Cuida da sua saúde de uma forma geral. Mente, corpo e espírito precisam estar em perfeito

equilíbrio para que você tenha uma vida ainda melhor e mais plena.


Clique no botão abaixo e agende um horário conosco e venha conhecer nosso espaço. Estamos lhe esperando.



6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo