• Time Clínica Quiropraxia Equilíbrio

Fibromialgia: como a quiropraxia pode auxiliar no tratamento?




Apesar de ser uma doença que não pode ser identificada em exames laboratoriais, como radiografia ou exame de sangue, as dores no corpo provocadas pela fibromialgia prejudicam muito a rotina de inúmeras pessoas, especialmente mulheres.

Pessoas diagnosticadas com esse problema, convivem com uma dor crônica caracterizada por se disseminar por vários pontos do corpo, além de fadiga, distúrbios de sono e depressão.

No post de hoje, vamos falar um pouco mais sobre a fibromialgia, seus fatores de risco, sintomas e como a quiropraxia pode auxiliar no tratamento sem o uso de medicamentos. Boa leitura!

O que é Fibromialgia?

Conhecida também como Síndrome da Dor Generalizada, a fibromialgia é uma doença que atinge cerca de 5% da população mundial. Mais comum do que se imagina, principalmente entre as mulheres, essa condição provoca dores em todo o corpo por longos períodos, sensibilizando as articulações, músculos, tendões e outros tecidos moles.

Além da dor generalizada, é comum sentir fadiga, distúrbios do sono, dor de cabeça, depressão e ansiedade.

As causas desta patologia ainda são desconhecidas, também não se sabe a razão de atingir mais um gênero do que o outro, porém a cada 10 pacientes com fibromialgia, sete a nove são mulheres.

Geralmente, ela ocorre em pessoas entre os 30 e 60 anos e não é comum entre idosos e crianças, embora existam casos da doença nos dois grupos.

Fatores de risco

Apesar das causas ainda serem desconhecidas, acredita-se que ela aconteça devido a um descontrole na área do cérebro responsável pelo processamento da dor.

Existem fatores que comumente estão associados à fibromialgia. Confira:

  • Histórico familiar: recorrente em pessoas da mesma família;

  • Distúrbio do sono, sedentarismo, ansiedade e depressão: geralmente quem sofre dessas doenças pode acabar desenvolvendo a síndrome;

  • Trauma físico ou emocional: a fibromialgia pode decorrer a partir de traumas físicos e psicológicos;

  • Artrite, lúpus, infecções e doenças autoimunes: podem desencadear o desenvolvimento da patologia.

Sintomas

A Fibromialgia não gera lesões, inflamação ou degeneração dos tecidos, por isso é comum que os pacientes demorem a descobrir o distúrbio.

O principal sintoma da fibromialgia é a dor, descrita como uma dor de cansaço nem forte ou aguda, que atinge o corpo todo por longos períodos de tempo. Além disso, a doença apresenta sintomas como:

  • Fadiga, dores de cabeça recorrentes ou enxaquecas

  • Problemas de memória e dificuldades de concentração, atenção e foco em atividades que exigem esforço mental

  • Dor pélvica e abdominal

  • Dormência e formigamento nas extremidades do corpo

  • Palpitações e picos de ansiedade

  • Dificuldade para se exercitar

  • Depressão

As crises podem durar 3 meses ou mais e reduzem muito o bem-estar do paciente, mas a boa notícia é que existe tratamento.

Tratamento através da quiropraxia

Independentemente de ser uma doença sem cura, a fibromialgia pode ser tratada sem a necessidade de medicamentos através da quiropraxia.

Após análise, são realizados uma série de ajustes na coluna, que corrigem pequenos deslocamentos nas vértebras, permitindo sua movimentação correta e promovendo alívio das dores no corpo. Os ajustes podem aumentar a resistência do paciente às dores aumentando sua qualidade de vida.

Agende agora mesmo sua sessão: Agendar Agora



*Fonte Link: https://institutovivasp.com.br/blog/fibromialgia-como-a-quiropraxia-pode-auxiliar-no-tratamento/



16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo